segunda-feira, 1 de maio de 2017

"Não espere o a manhã para ser feliz"

(Acustico musica)

Eternas Lembranças

Pensei que fosse um anjo, quando ao longe,
A vi caminhando, em direção ao litoral,
Pois por onde você passava, o mundo todo admirava,
O seu rosto angelical, e o seu corpo escultural

Contemplando ao longe, a sua exuberante maravilha transcendental
Eu quase não acreditei, quando de você, um pouco mais me aproximei,
Pois quando pra você olhei, em seu olhar me encontrei
E por seu sorriso me encantei...

Aquele sorriso, cujo o brilho mostrava ser tão bonito,
Quanto a explosão de uma super nova, e tão único quanto o próprio infinito,
Despertou em mim, um sentimento oprimido,
O qual eu Imaginava em mim não mais existido

Mas isso não mais importa, pois se um dia ele morreu,
Com aquele seu olhar a mim olhar, como a fênix das cinzas renasceu.

Acho que foi isso que me fez apaixonar, seu sorriso, seu cheiro e seu olhar,
Cujo o brilho incandescente me lembrava o céu e o mar,
Pois era como a explosão de uma Estrela transcendente,
Que mesmo depois de ausente, continuava a brilhar.

E naquela situação pensei que o próprio Deus tava a mim contemplar,
Pois só ele tem esse seu dom inocente de provocar,
Paixão intensa, sem da boca uma palavra falar.

E mesmo as suas mão não estando a me tocar
Eu as sentia fervorosamente querer me abraçar

Aquele sorriso me trazia vida, e aquela pele "lembranças"
E aquele olhar? aquele olhar, Sempre me lembrava o azul do mar,
E as virtudes da minha infância...

Eu nunca intendia o que você falava
Porém o seu sorriso e o doce som da sua voz
Corrigia as minhas falhas.

Mesmo chegado ao fim da sua história,
Suas lembranças em mim, jamais irão embora,
Penso eu que seja esse o motivo,
De nunca em cada segundo, da vida eu ter lhe esquecido.

Aquele simples porém sublime olhar, me pois a frente da felicidade,
Me fazendo sempre imaginar eu você o céu e o mar
E mil estrelas pra testemunhar, nossa felicidade no altar,
Recebendo dos nossos filhos a aliança, Para em união nos casar.

Vivemos uma felicidade, nunca antes vivida,
E passamos juntos, os melhores momentos da vida,
Mas por ventura do destino, o tempo nos separou,
E desde então vou vivendo a procura de um novo amor,
Para acabar com o sofrimento que a sua ausência me deixou...
Mas nunca o encontrei, pois felicidade que através do seu olhar disfrutei
Nem um outro amor dispertou...