sábado, 15 de abril de 2017

"Penso... logo existo"

Frase essa dita por um grande filósofo francés "René Descartes"
que a escreveu em latim: "Cogito, ergo sum".
Ele quis dizer que o fato de pensar assegura à mente o
fato da própria existência psicológica. Em outras palavras,
quando ela se dá conta de que está pensando, pode ter certeza
de que existe.







lacuna existencial


Meus pensamentos...
Em pensamentos dizem quem sou
Onde penso ser um ser melancólico
Que a monstruosa natureza criou.

Meus pensamentos me contemplam
Acalentando a minha alma,
Com uma triste canção
E de tristeza emoção
Que sempre me acalma.

Ainda não intendeu? que:
O pensamento mostra o eu de cada ser?
E que é a ação do pensar,
O intimo significado do viver?

Se não...
então fica a intender
Que quem cria "pensamentos"
Sejam bons ou más é "você"

Seus pensamentos lhe definem
Acalentando a sua alma
Como uma bela canção
Que a toca com emoção
Ou como uma melancólica recitação
Que a intristese com solidão...

Meus pensamentos?
Hoje mim fazem quem sou
Preenchendo minha intima lacuna existencial
Com amor, infelicidade, felicidade tristeza, solidão e dor...



quinta-feira, 13 de abril de 2017

Os males da saudade

Ó saudade...
Choro todas as vez que lembro-me de ti
E daquele teu sorriso que me acalmava
E que sempre me fazia sorrir.

Fica por saber...
Que guardo nas lembranças o teu olhar
E na saudade a singela esperança
de um dia novamente te encontrar.

Por que tanto me fazes sofrer maldita?
Sabes que sofro todos os dias
Por não em meu corpo senti mais o teu calor
Suplicando em choros a tua companhia
E em versos expressando minha dor

A muitas lembranças de você em mim
Que me faz viver a procurar por ti
Mas sempre me encontro cercado
No real e no imaginario
me perdendo sempre no abstrato.
e do caminho de ser feliz.

Por que não mas te encontro saudade?
Acho que estou começando a esquecer
De todas as lembranças que me levaram a você
Do seu simples porém belo sorriso,
E daquele inocente e esverdiado olhar,
Que é como a felicidade de estar
Rumo ao paraíso constelar.

Necessito da tua presença "saudade"
Pois já não suporto mas esse sentimento
Que me trata com maldade,
Sentimento esse que é a própria saudade
O legitimo agente da rejeitada infelicidade.

Então me encontre saudade,
Pois a alegria do reencontro
É como a mais bela das paisagem,

terça-feira, 11 de abril de 2017

A Dor da perda

A perda as vezes pode ser o recomeço,
De uma nova vida, a descoberta de uma felicidade
Que não era e nunca antes tivera, sido vivida.

As vezes os nossos pensamentos
Vão nos levando para bem longe, e bem longe [....]
Onde a tristeza e dor não existe,
Onde só a paz e a felicidade coexiste.

Onde imaginamos pessoas felizes,
Daí então nos perguntamos?
- qual o porquê "De ficar triste",
O egoísmo nos mostra o que é a tristeza,
E o porquê de não sermos felizes,
Com a dor da perda.

As vezes não aceitamos a partida
E recusamos a despidida,
De um ente que sempre foi amado
Mesmo sabendo que por Deus
O seu espirito vai sendo guiado
Em direção ao paraíso
E a cada passo dele dado
A seu espirito vai sendo mostrado
As grandes maravilhas de um novo mundo.

Um lugar sem dor onde o espirito se enche de alegria
E onde o males do mundo não contaminou.

domingo, 9 de abril de 2017

    Do amor ao ódio

O ódio e o amor!
São como eternos aliados.
Em uma simples harmonia
A dividir o mesmo espaço,
No coração de um poeta,
Perdidamente apaixonado,
Que não sabe o que é o ódio,
Pois desde sempre foi amado,

O amor [...]
mesmo sincero
E por vezes avassalador,
É um sentimento magnífico
Que quando não reconhecido
É rapidamente consumido
E friamente destruido
Por raiva, ódio, e rancor.

Pois quando desprezado, pisado e regeitado,
Um poeta que sempre foi amado,
Torna-se então um amante solitário,
Frio e sem sentimento e de coração amargurado,

E pôr no "amor" não mais acredita
Por onde agora o seu corpo passar
Suas palavras só iram falar
De, ódio, tristeza, solidão e dor...



✍ Em momentos difíceis; Eu queria chorar com a facilidade de uma criança, Que quando facilmente consegui o que deseja,  Sorrir enxu...